Brasão no centro de um losango azul, inseridos dentro de um hexágono laranja
Defesa Civil | Protege você

SAIBA O QUE FAZER ANTES, DURANTE E DEPOIS DE UM DESASTRE

Coronavírus

A doença provocada pelo novo Coronavírus é oficialmente conhecida como COVID-19, sigla em inglês para “coronavirus disease 2019” (doença por coronavírus 2019, na tradução).

Vírus que causa doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos recentes registrados na China e em outros países.

Quadro pode variar de leve a moderado, semelhante a uma gripe. Alguns casos podem ser mais graves, por exemplo, em pessoas que já possuem outras doenças. Nessas situaçōes, pode ocorrer síndrome respiratória aguda grave e complicações. Em casos extremos, pode levar a óbito.

TRANSMISSÃO

Investigações ainda estão em andamento. O que se sabe até o momento é que a transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções.

  • Espirro
  • Tosse
  • Catarro
  • Gotículas de saliva
  • Contato próximo, como toque ou aperto de mão (com pessoa infectada)

SINTOMAS

Sinais e sintomas clínicos são principalmente respiratórios, semelhantes aos de um resfriado comum.

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldades para respirar

COMO SE PROTEGER

Principal recomendação é higienizar as mãos. São cuidados simples, mas importantes e que devem ser frequentes para prevenir doenças contagiosas.

LAVE AS MÃOS

Lave as mãos frequentemente com água e sabão e use antisséptico de mãos à base de álcool gel 70%, principalmente:

  • Após tossir ou espirrar;
  • Depois de cuidar de pessoas;
  • Após ir ao banheiro;
  • Antes e depois de comer.

AO TOSSIR E ESPIRRAR

  • Cubra a boca e o nariz. Use os braços ou lenço descartável. Evite usar as mãos. E, se usar, lembre-se de higienizá-las;
  • Se usar um lenço, jogue-o fora imediatamente e, lave as mãos;
  • Use, preferencialmente, lenços.

FIQUE ATENTO!

Quem esteve em países com casos confirmados da doença e apresentar sintomas suspeitos deve:

  • Evitar o contato com outras pessoas;
  • Procurar um serviço médico imediatamente;
  • Seguir os cuidados recomendados.

CASOS SUSPEITOS

Quem apresentar os sintomas deve procurar qualquer serviço de saúde. Para casos graves, a rede estadual de saúde preparou hospitais de referência na capital, interior e litoral.

DÚVIDAS FREQUENTES

  • O que uma pessoa com sintomas deve fazer?
    Procurar o serviço de saúde mais próximo, como um Pronto Atendimento, para análise inicial. Se o quadro for compatível com a definição de caso, esse serviço de saúde deverá seguir o fluxo estabelecido pela Secretaria de Estado da Saúde.
  • É preciso usar máscaras?
    Sim, sempre que sair de casa, em áreas comuns de uso coletivo, no local de trabalho e no transporte público ou compartilhado. Se estiver infectado ou com sintomas semelhantes ao COVID-19, é recomendado o uso de máscara mesmo dentro de casa.

FISCALIZAÇÃO E MULTA

  • Estão sujeitos a multas: as pessoas que estiverem sem máscara nos locais exigidos e os estabelecimentos que permitirem a presença de pessoas sem proteção ou em situação irregular.
  • Quem é o responsável pela fiscalização e multa das irregularidades quanto ao uso da máscara?
    A Vigilância Sanitária, para denunciar uma irregularidade ligue: 0800 771 3541